sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Algumas pesquisas bizarras divulgadas pela BBC

A BBC Brasil é uma boa fonte de notícias, mas é frequente a divulgação de pesquisas bizarras. Selecionei algumas, no mínimo, curiosas.

Uso de aparelho celular durante a gravidez pode causar hiperatividade da criança.

Quanto maior o seu dedo anular, mais aptidão você tem para negócios.

Ninar bebê do lado direito indica mãe extremamente estressada.

Muito café pode te fazer ouvir vozes.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

O Caderno do Mestre

Registros, expurgos, criações, asserções longas e inspiradas, romances e contos, dramas e escritos de um patrício e colega de profissão. Mais que um autor, Saramago é matéria para minha leitura, escrita e vivência.

Tenho nas mãos seu mais recente livro, quiçá último, prestes a ser lido.

E hoje, ponho-me a falar do seu caderno. Atual e cercado de dedicação, o Caderno de Saramago é um blog com pensamentos e desabafos do autor.

Coisa mais bela! http://caderno.josesaramago.org/


quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Consumidor brasileiro está otimista para 2009

Segundo pesquisa IBOPE, a maioria dos brasileiros está otimista para a economia de 2009. 34% acreditam que a situação vai melhorar, enquanto 19% apostam em uma piora do quadro. A pesquisa também revela que as classes D e E estão mais confiantes se comparadas com as classes A, B e C.

Parece que, quanto mais pobre a família, mais esperanças se instalam. Será a fé da religião? Influenciaria o fato de as classes mais baixas possuírem menor grau de estudo e, como consequencia, compreenderem menos os fatos globais na economia e na política brasileira?


Veja aqui o resultado completo da pesquisa.



terça-feira, 20 de janeiro de 2009

As pequenas provocações brasileiras

Os R$ 336 milhões do Kaká e o aumento de R$ 50 no valor do salário mínimo.


O pretume mal-cheiroso das fumaças jogadas pelos VUC, substitutos indiscretos e hipócritas do caminhões que foram proibidos de circular nas ruas.


Os tetos de galpões que caem e são “forrados” de alegações ao vento, enquanto parentes seguem em luto por suas perdas irreversíveis.


Os vice-prefeitos que não pagam pedágio, os policiais que abusam do poder, os médicos que abusam das pacientes, o pobre que esmola e ainda justifica o gasto, o aumento do preço no material escolar, os recém-nascidos abandonados, os índios queimados, os alagamentos imobilizantes, os casos “Eloá” que só fazem aumentar o ibope na tevê.


Mas a novela e o futebol estão lá no final do dia para te fazer esquecer tudo isso. Afinal, a desgraça é dos outros e não sua.