quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Uma reclamação avistada...

A manhã desta quarta-feira foi surpreendente! Incentivada pela publicação do post anterior, a COMGÁS entrou em contato comigo para dar um retorno sobre a reclamação. A surpresa foi que o meu e-mail não chegou à companhia (mais uma vez) e apenas graças à divulgação do caso aqui no blog, é que recebi atenção, embora muito abaixo das minhas expectativas.


Nada foi resolvido mas, de certa forma, fiquei feliz por ter sido visitada justamente por alguém que o atendente de hoje me informou ser um cliente da COMGÁS. Estranho...

Me colocando no lugar deste solícito cliente, eu não entraria em contato com a empresa reclamada para avisá-lo: “olha, tem gente reclamando de vocês”. Mas, bem... Há tipos e tipos de gente. Então, não vou julgar alguém que até me ajudou a receber a atenção que pedi.

A pauta é a COMGÁS, mas evidentemente deve haver muitos que concordam comigo de que em geral, o atendimento ao cliente via telefone por empresas públicas ou privadas quase nunca nos oferece integralmente o que precisamos ou pedimos. Em vista desta nova lei de Call Center, parece que pouco ou nada mudou na qualidade do serviço.


Eu já trabalhei por quase 4 anos em atendimento telefônico e sei como é difícil atender as expectativas de um cliente ansioso, que não vê o rosto de quem o está atendendo, ainda mais com a pouca autonomia que tem o operador. No meu caso, pior: o prazo havia sido expirado e eu estava brava, muito brava. Mas sei que isso não é escusa para falha na prestação do serviço.


Sinto-me lesada e espero que a novela COMGÁS seja benéfica para mim e para os futuros clientes desta empresa que monopoliza o mercado paulistano de distribuição de gás. A angústia de não ter opções de consumo também é um agravante!


Fica o exemplo de que a blogosfera nos conecta amplamente, nos mais diversos aspectos.

Um comentário:

  1. O cliente se chama google! hehe
    Busquei por 'reclamação Comgás' e o seu blog apareceu na primeira página, terceiro resultado.

    Sem mais, espero que pelo menos esse p**** de atendimento melhore com isso! Nah...vai continuar a mesma merda...

    ResponderExcluir