terça-feira, 20 de janeiro de 2009

As pequenas provocações brasileiras

Os R$ 336 milhões do Kaká e o aumento de R$ 50 no valor do salário mínimo.


O pretume mal-cheiroso das fumaças jogadas pelos VUC, substitutos indiscretos e hipócritas do caminhões que foram proibidos de circular nas ruas.


Os tetos de galpões que caem e são “forrados” de alegações ao vento, enquanto parentes seguem em luto por suas perdas irreversíveis.


Os vice-prefeitos que não pagam pedágio, os policiais que abusam do poder, os médicos que abusam das pacientes, o pobre que esmola e ainda justifica o gasto, o aumento do preço no material escolar, os recém-nascidos abandonados, os índios queimados, os alagamentos imobilizantes, os casos “Eloá” que só fazem aumentar o ibope na tevê.


Mas a novela e o futebol estão lá no final do dia para te fazer esquecer tudo isso. Afinal, a desgraça é dos outros e não sua.



Nenhum comentário:

Postar um comentário