segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

A sapatada justa

Durante uma coletiva de imprensa no Iraque, um jornalista joga seus sapatos contra o ainda presidente dos Estados Unidos, George W. Bush. A população local, em alvoroço, apóia o meu colega de profissão (que, felizmente, tem boa mira) e pede sua liberdade. 

Foi justa a ação do cidadão? 
Antes de responder a mim mesma esta pergunta, pensei que, mesmo sendo da opinião que o caipira americano mereça muito mais que duas sapatadas, não foi uma atitude profissional a do jornalista, ainda mais sabendo que, para iraquianos, a sola dos sapatos tem um valor de alta ofensa. 

Aqui, a matéria completa e o vídeo do sapato voando. 

Um comentário:

  1. Bush jogou contra o povo mais do que sapatos. Jogou balas e bombas. Acho que o protesto foi justíssimo e bem realizado. Há de se destacar também a inacreditável agilidade demonstrada por Bush! Ninguém imaginava que o cara tivesse aqueles reflexos! Uma pena o sapato não ter acertado a fuça dele!

    ResponderExcluir