segunda-feira, 24 de novembro de 2008

A primeira gota da chuva

Eu vi a primeira gota da chuva
quando as minhas retinas contraíram 
ao tímido raio de sol. 

Foi assim que começou o meu dia,
sonolento, distraído...

Quase eu tropeço na idéia!
Formei a poesia em um sopro
instantâneo como aquele arco-íris. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário