quinta-feira, 10 de abril de 2008

Ativismo contra o aquecimento global

O Greenpeace é uma entidade digna de meu respeito. Não contribuo financeiramente, mas apóio ideologicamente o seu ativismo, sua postura e suas campanhas.

Vale destacar aqui uma das ações de grande importância para a atualidade: o aquecimento global. Quem quiser participar do abaixo-assinado, que será enviado para o presidente da república e para os ministros, pode acessar o site. http://www.greenpeace.org/brasil/participe/ciberativismo

Veja a íntegra do texto:

Participe! Proteste!

O aquecimento global já deixou de ser assunto de ficção científica e tornou-se realidade. O planeta todo está sofrendo, inclusive o Brasil. Seca na Amazônia, desertificação no Nordeste, furacão e tornados no sul... Esses fenômenos climáticos extremos são claras evidências dos problemas causados pela queima irresponsável de combustíveis fósseis por automóveis, indústrias e usinas termoelétricas e pela destruição das florestas do mundo... São apenas uma amostra de um terrível futuro que pode estar muito mais próximo do que imaginamos. Milhões de pessoas são vítimas de catástrofes como estas todos os anos. E ninguém está livre do problema!

Mas ainda há tempo para ação! É preciso que governos do mundo todo diminuam drasticamente as emissões de gases de efeito estufa nas próximas décadas. E o Brasil, que pela destruição de suas florestas é o 4º. maior emissor mundial, precisa combater o desmatamento e investir muito mais em energias limpas, como a do sol e a dos ventos.

Exija que o governo brasileiro faça sua parte: desenvolva uma política nacional de mudanças climáticas, identifique nossa vulnerabilidade, invista em energias positivas e em transporte coletivo de qualidade e combata de forma implacável o desmatamento.

Não há mais tempo a perder!


Para:
Exmo. Sr. Luís Inácio Lula da Silva - Presidente da República

CC:
Exma. Sra. Marina Silva - Ministra do Meio Ambiente
Exma. Sra. Dilma Roussef - Ministra-Chefe da Casa Civil
Exmo. Ministro de Minas e Energia
Exmo. Sr. Sérgio Rezende - Ministro da Ciência e Tecnologia
Exmo. Sr. Celso Luiz Amorin - Ministro das Relações Exteriores

Exmo. Sr. Presidente e Ministros,

Já somos vítimas das mudanças climáticas no Brasil. Seca na Amazônia, desertificação no semi-árido, furacão no sul do Brasil, estiagem em vários estados, ano após ano, mostram que somos muito vulneráveis ao aquecimento global. Não é possível saber precisamente onde ocorrerão as catástrofes nem quem serão as vítimas.

O Brasil hoje tem uma grande responsabilidade em relação ao problema, já que é o 4º. maior emissor de gases de efeito estufa. Sabemos que a destruição de nossas florestas, principalmente da Amazônia, contribui com 75% de nossas emissões.

Assim, exigimos que o governo brasileiro combata de forma implacável o desmatamento, desenvolva uma política nacional de mudanças climáticas, identifique cada uma de nossas vulnerabilidades, estabeleça planos de adaptação aos impactos que não podemos evitar e invista em energias positivas e em transporte coletivo de qualidade.

Nós, brasileiros, temos todo o direito de saber onde somos mais vulneráveis aos efeitos devastadores do aquecimento global e como vamos reduzir nossa contribuição a este problema. Não temos tempo a perder nesta luta pela nossa sobrevivência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário