quarta-feira, 11 de julho de 2007

Aqui jaz NoMínimo

Um dos meus sites de crônicas preferidos chega ao fim. www.nominimo.com.br

NoMínimo me acompanhou por um ou dois anos e agora termina de forma não triste, mas nostálgica. Os colaboradores continuarão alimentando os ávidos leitores com seus blogs e projetos particulares. Fico feliz por haver iniciativas independentes da cultura. Eu mesma participo de uma, na qual acredito profundamente.

Talvez seja um bom momento para o leitor de NoMínimo pensar que diferença ele faz para a sua sociedade, para a sua família e para o seu próprio bem-estar... Não basta jogar o lixo no lixo, nem pagar os impostos em dia... É preciso ir além da cinza burocracia que nos congela! Precisamos, sim, daquele arauto da liberdade, com o verdadeiro sentido da felicidade.

Espero mesmo que NoMínimo termine abrindo espaço para a sociedade autêntica, que tem algo a entregar para o próximo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário